O poder dos Juros

Não faça dívidas antes de ver isso! Tudo sobre juros simples e compostos

 

JUROS – O que é?

 

Juros é o rendimento que se obtém quando empresta-se dinheiro por um determinado período. O credor, ou seja, quem emprestou o dinheiro, poderá ter uma compensação pelo tempo que ficará sem utilizar o montante emprestado. Esta compensação serve como estímulo para o credor emprestar seu dinheiro e assumir os riscos atrelados a esta negociação.

Para quem pega o dinheiro emprestado ou faz uma compra no crédito, terá que pagar um acréscimo, uma taxa (juros) pela utilização dos recursos ou pelo parcelamento. Esse juros a ser pago é o risco que a pessoa assume ao tomar dinheiro emprestado.

Existem dois tipos de juros, são eles: Juros Simples e Juros Compostos.

 

 

JUROS SIMPLES

Entendemos os juros simples como um valor fixo, uma taxa de juros paga pelo empréstimo de um capital, assim é cobrado a mesma taxa todos os meses ou todos os anos.

Como calcular?

Utiliza-se as fórmula:

fórmula dos juros simpless

Onde:

j = juros total,c = capital,t = tempo,i = taxa de juros

E para achar o montante a ser pago:

montante juros simpless

Onde:

M = montante total,j = juros total,c = capital

Exemplo: Ao fazer um empréstimo de R$ 1.500,00 com juros simples ao mês de 0,5% em 12 vezes, qual será o total a ser pago de juros? E qual será o valor final a ser pago?

Assim:

J = juros total, c = 1.500,t = 12,i = 0,5%

j = c * i * t = 1.500 * 0,005 * 12 = R$ 90

E o montante final:

M= montante total,j = 90,c = 1.500

M = j + c = 90 +1.500= R$ 1.590,00

JUROS COMPOSTOS

Conhecido popularmente como “juros sobre juros”. Os Juros compostos são calculados sobre juros anteriores. Ou seja, uma taxa vai se agrupando (compondo) com outra taxa ao longo do tempo, assim o valor varia ao longo dos meses ou anos.
O regime de juros compostos é o mais utilizado pelo mercado, justamente por oferecer a maior rentabilidade financeira, uma vez que seu cálculo considera como valor base sempre o montante do período anterior, neste sentindo é possível verificar o crescimento de maneira exponencial dos juros compostos.

Como calcular?

Podemos usar a fórmula matemática:

montante juro composto

M = Montante final

c = capital

i = taxa de juros

t = tempo

Exemplo: Ao fazer um empréstimo de R$ 1.500,00 com juros compostos de 0,5% em 12 vezes, qual será o total a ser pago?

montante

RUMO AO PRIMEIRO MILHÃO

Quem nunca sonhou ou tem como objetivo alcançar seu primeiro milhão e assim conseguir sua liberdade financeira? Nossa intenção não é mencionar as mudanças de hábitos, nem tão pouco enfatizar a importância de gastar menos e ganhar mais, aspectos essenciais para quem busca alcançar essa meta. Queremos mostrar a importância dos juros compostos durante esta jornada, ele será seu principal aliado.


Planejando a Independência Financeira

Já que estamos falando sobre uma maneira de usar os juros compostos para conquistar seu primeiro milhão, separamos para você uma leitura complementar onde destacamos 7 passos essenciais para conquista da sua independência financeira. Clique aqui e leia esse artigo.

 

Considerando que para alcançar esse objetivo João decide investir suas economias em títulos que pagam o equivalente a 0,5% ao mês de juros. O montante inicial aplicado é de 10.000 reais, além disso, João se comprometeu a aportar durante os próximos anos todos os meses 1.000 reais. Será que ele vai alcançar seu objetivo de ser um milionário?

Para simular este exemplo usaremos uma calculada online gratuita do Mobills. Os dados sugeridos são:

exemplo de juros compostos
Fonte: https://calculadoras.mobills.com.br/calculadora-juros-compostos/

Como resultado, se João mantiver a disciplina de aportes em 30 anos alcançará seu objetivo. Note a relação do valor investido com a capacidade de alavancar o resultado dada pelos juros compostos.

resultado dos juros compostos
Fonte: https://calculadoras.mobills.com.br/calculadora-juros-compostos/

O valor total correspondente somente ao ganho de juros é quase o dobro em relação ao investimento realizado durante este período, já contabilizando a entrada. Você pode até imaginar que 30 anos é muita coisa, e realmente é, embora você muito provavelmente tenha ouvido que:

“O melhor dia para se plantar uma árvore foi a 20 anos atrás.O segundo melhor dia é hoje”.

Então, trate de semear agora, pois estes anos irão passar e quando o momento chegar, nada será colhido se você não agir. Abaixo o gráfico comprova o poder dos juros compostos.

gráfico dos juros compostos
Fonte: https://calculadoras.mobills.com.br/calculadora-juros-compostos/

A linha azul representa o valor acumulado (Total investido + Ganho com Juros), a linha vermelha representa todo o valor investido e a linha laranja corresponde ao total ganho com juros.

 

O comportamento dos juros compostos ao longo dos primeiros meses parece não evoluir, inclusive permanece abaixo da linha vermelha por aproximadamente 231 meses, mas a partir deste ponto passa a se comportar como uma “bola de neve”, aumentando cada vez mais com o passar do tempo.

Imagine que durante estes anos, as condições mudam e João passa a ganhar mais, empreende, gera novas fontes de renda e consequentemente investe mais, fatos estes que aliados ao poder dos juros compostos podem impulsionar o potencial de seus investimentos de maneira a alcançar o objetivo em um tempo muito menor.

Você agora conhece o poder dos juros compostos, use a seu favor e tome cuidado com o que ele pode fazer com suas finanças quando usados contra você.

Acredita-se que Albert Einstein via nos juros compostos uma ferramenta financeira que não pode ser ignorada, atribuindo a ele frases como essa:

“Juros compostos são a oitava maravilha do mundo. Aquele que entende, ganha. Aquele quem não entende, paga.”

Qual a vantagem e desvantagem de cada tipo de juros

 

 

A vantagem dos juros simples é a facilidade para utilização e compreensão, principalmente na correção de dívidas. Enquanto a desvantagem é que por meio dos juros simples no investimento nenhum dos lados (credor e devedor) tem vantagens.

Já os juros compostos apresentam desvantagens para quem está pagando os juros, pois o valor total final a ser pago será bem maior ao final do período. Porém é vantajoso para quem está investindo o dinheiro, pois receberá um maior rendimento.

Para saber mais sobre como calcular e controlar os juros, preparamos para você esse curso de matemática financeira. Onde explicamos todos os conceitos que você precisa saber de forma prática e fácil.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja artigos relacionados

Profissão PCM

PROFISSÃO PCM®️

O Profissão PCM é o maior evento dedicado aos profissionais de PCM do Brasil, com mais de 10mil participantes.

Read More »

FMEA: O que é?

O QUE É FMEA? O FMEA é uma sigla em inglês para Failure Mode and Effects Analysis, ou seja, em português se define como Análise

Read More »